04 outubro, 2007

Óbvio ou insólito


"Nenhuma nação, nenhuma religião, nenhum sistema económico, nenhum corpo de conhecimento pode oferecer todas as respostas ... Devem certamente existir sistemas que funcionem muito melhor do que qualquer um daqueles que existem. Conforme a boa tradição científica, a nossa tarefa é descobri-los.
... Sem dúvida, a ciência não é perfeita e pode ser mal utilizada, mas é de longe o melhor instrumento que possuímos, que se corrige a si-próprio, que progride sem cessar, que se aplica a tudo. Obedece a duas regras fundamentais:
- a primeira, não existe verdades sagradas, todas as asserções devem ser cuidadosamente examinadas com espírito crítico, os argumentos de autoridade não têm valor;
- e segunda, tudo aquilo que esteja em contradição com os factos tem de ser afastado ou revisto.
... Por vezes, o óbvio está errado e o insólito é verdadeiro."

in Cosmos, Carl Sagan

2 comentários:

  1. Adorei (re)ler este excerto. faz tanto tempo que não lhe passava os olhos por cima.

    Um beijinho, resto de bom fim-de-semana

    ResponderEliminar
  2. Grande Sagan. O que esse homem não me fez ver...?

    Beijinho

    ResponderEliminar