11 julho, 2007

Nem tanto ao mar nem tanto a terra


Biocombustíveis...

O nosso primeiro está todo satisfeito com o desenvolvimento que Portugal leva na área dos biocombustíveis mas......

Há sempre um mas....

Nem tudo são rosas, também há os espinhos.

Assim como o uso dos biocombustíveis reduzem significativamente o aquecimento global podem trazer graves problemas ambientais e económicos.

O relatório apresentado às Nações Unidas alerta que "o crescimento rápido da produção líquida de biocombustíveis colocará demandas substanciais sobre os recursos mundiais de terra e água, num momento em que a demanda por alimento e produtos florestais também se eleva rapidamente".

Mudanças no conteúdo de carbono dos solos e nos estoques de carbono em florestas e charcos poderão eliminar parte ou todo o benefício do biocombustível em termos de redução do efeito estufa

"O uso de monoculturas em larga escala poderá levar a perda significativa de biodiversidade, erosão do solo e sangria de nutrientes", afirma o texto, acrescentando que os investimentos em bioenergia devem ser administrados cuidadosamente, em escala nacional, regional e local, para evitar que problemas sociais e ambientais "alguns dos quais poderão ter consequências irreversíveis"
(Estadao.br.com)

2 comentários:

  1. Mas não será um mal necessário ...!?

    Bjks da M&M & Cª!

    ResponderEliminar